Prémio Ig Nobel

Prémio Ig NobelO Prémio Ig Nobel (por vezes escrito Prémio IgNobel), é um prémio atribuído anualmente às pessoas que apresentam descobertas científicas ou feitos que podem ser considerados os mais estranhos ou absurdos do ano. O nome do prémio vem da junção da palavra “Nobel” (referência ao Prémio Nobel) com a palavra “ignóbil“.

O Prémio Ig Nobel começou a ser atribuído em 1991, tendo sido criado pela revista de humor científico Annals of Improbable Research. O objetivo deste prémio é honrar as descobertas e feitos que fazem as pessoas rirem primeiro e pensarem depois. Em cada ano são premiadas 10 descobertas estranhas ou absurdas em várias áreas do conhecimento.

A cerimónia da entrega dos prémios é realizada todos os anos na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos da América. Alguns dos laureados por Prémios Nobel estão presentes nesta cerimónia da entrega dos Prémios Ig Nobel.

A título de exemplo, vamos ver de seguida alguns vencedores dos Prémios Ig Nobel:

Ano de 1993– Vencedores na categoria de Literatura: E. Topol, R. Califf, F. Van de Werf, P. W. Armstrong e seus 972 co-autores por terem publicado um texto de medicina com 100 vezes mais autores do que páginas.

Ano de 1995 – Vencedores na categoria de Medicina: Marcia E. Buebel, David S. Shannahoff-Khalsa, e Michael R. Boyle, pelo seu estudo sobre “Os efeitos da respiração forçada unilateral por uma narina na cognição”.

 Ano de 1995 – Vencedores na categoria de Psicologia: Shigeru Watanabe, Junko Sakamoto, e Masumi Wakita, da Universidade de Keio, Japão, pelo sucesso ao treinar pombos para estes distinguirem entre pinturas de Picasso e pinturas de Monet.

Ano de 1996 – Vencedores na categoria de Biologia: Anders Barheim e Hogne Sandvik da Universidade de Bergen, Noruega, pelo seu estudo sobre o “Efeito da Cerveja, Alho e Creme Azedo sobre o Apetite das Sanguessugas”.

Ano de 1997 – Vencedor na categoria de Meteorologia: Bernard Vonnegut da State University of New York at Albany, por sua reportagem sobre “Depenagem de Galinhas Como Meio de Medir a Velocidade do Vento de um Tornado”.

Ano de 2000 – Vencedor na categoria de Ciências da Computação: Chris Niswander, por inventar o PawSense, um software que deteta se um gato passa por cima do teclado do computador.

Ano de 2001 – Vencedor na categoria de Medicina: Peter Barss da McGill University, Canada, por seu estudo sobre “Lesões causadas por cocos em queda”.

Ano de 2002 – Vencedores na categoria de Biologia: Norma E. Bubier, Charles G.M. Paxton, Phil Bowers, e D. Charles Deeming, do Reino Unido, pelo trabalho “Hábitos de Cortesia das Avestruzes com os Humanos Em Fazendas na Bretanha”.

Ano de 2004 – Vencedores na categoria de Psicologia: Daniel Simons da University of Illinois at Urbana-Champaign e Christopher Chabris of Harvard University, por demonstrar que quando pessoas se concentram em algo, é fácil não perceber qualquer outra coisa – mesmo uma mulher vestida de gorila.

Ano de 2005 – Vencedor na categoria de Paz: Claire Rind e Peter Simmons, da Universidade de Newcastle, pelo monitoramento elétrico da atividade cerebral de uma lagosta, enquanto ela assistia a uma seleção dos melhores momentos da “Guerra nas Estrelas”.

Ano de 2007 – Vencedores na categoria de Linguística: Juan Manuel Toro, Josep B. Trobalon e Nuria Sebastian-Galles, por descobrirem que ratos não podem distinguir entre gravações em japonês e holandês, quando são tocadas de trás para frente.

Ano de 2013 – Vencedores na categoria de Probabilidade: Bert Tolkamp, Marie Haskell, Fritha Langford, David Roberts e Colin Morgan, por duas descobertas que estão relacionadas: a primeira descoberta é que, quanto mais tempo uma vaca permanecer deitada, é mais provável que ela se levante com mais rapidez, e a segunda descoberta é que, uma vez que a vaca se levante, não se pode prever com que rapidez a vaca vai se deitar novamente.

Estes são apenas alguns exemplos de pessoas que ganharam Prémios Ig Nobel, porém muitos outras ganharam também este prémio. Não constam todas aqui, pois não é o objetivo deste artigo ser exaustivo. Porém fica aqui o site oficial do Prémio Ig Nobel: http://www.improbable.com/ig/.

Share Button
Bookmark the permalink.

Comments are closed.