Números Romanos

Números RomanosO sistema dos números romanos foi desenvolvido pela Roma Antiga, sendo que nos dias de hoje ainda podemos encontrá-lo em alguns locais, apesar de normalmente não o utilizarmos no nosso dia-a-dia. A numeração romana tem como base algarismos que são representados por algumas letras maiúsculas do alfabeto latino (também conhecido como alfabeto romano). Vamos neste artigo ficar a conhecer como funciona este interessante sistema numérico.

O sistema da numeração romana está baseada nas seguintes letras e respetivos valores:

– I = 1
– V = 5
– X = 10
– L = 50
– C = 100
– D = 500
– M = 1000

Com base nisso, vamos ver os números romanos de 1 a 10 para percebermos melhor como funciona o sistema de numeração romana:

– I = 1
– II = 2
– III = 3
– IV = 4
– V = 5
– VI = 6
– VII = 7
– VIII = 8
– IX = 9
– X = 10

Para representarmos os números do 1 ao 3 em numeração romana, basta apenas colocarmos o mesmo número de letras I, ou seja, o número 1 é representado pelo algarismo romano I, o número 2 é representado por II, e o número 3 por III. O número 4 já funciona de forma diferente, ou seja, colocamos o I antes do V. Dado que o algarismo romano V corresponde a 5, e o I que corresponde a 1 está à esquerda do V, é o mesmo que dizer que tiramos 1 ao 5, ficando assim com 4. Aqui encontramos a seguinte regra: um algarismo de menor valor que esteja à esquerda vai subtrair ao algarismo de maior valor. Neste caso o I (que representa 1) vai subtrair ao V (que representa 5).

Depois temos o VI (6), o VII (7) e o VIII (8). Aqui está outra regra: um algarismo de menor ou igual valor que se encontre à direita vai somar ao algarismo de maior valor.

Depois vem o IX, que representa 9. Seguindo o raciocínio anteriormente apresentado, vamos subtrair o I ao X, ao seja subtrair o 1 ao 10, resultando em 9.

Com base nessas regras, vamos ver outros exemplos:

– XL = 40
– DC = 600
– MM = 2000

É importante conhecermos o sistema de numeração romana, dado que podemos encontrar os números romanos em algumas situações, ainda que de forma esporádica.

Este artigo foi publicado em XXIV-X-MMXIV.

Share Button
Bookmark the permalink.

Comments are closed.