A NATO e o Pacto de Varsóvia

Brezhnev e NixonA NATO (também conhecida por OTAN) e o Pacto de Varsóvia foram duas organizações que tiveram um papel muito influente no decurso da chamada Guerra Fria. Ainda que as organizações não tenham travado conflitos militares diretos, foram a causa de muitos receios devido à ameaça de guerra que tais organizações apresentavam.

A NATO ( North Atlantic Treaty Organization, em inglês) também chamada de OTAN (Organization du Traité de l’Atlantique Nord, em francês), é uma aliança militar entre vários países baseada no Tratado do Atlântico Norte, assinado em 4 de Abril de 1949. Por vezes também é chamada de Aliança Atlântica. Supostamente, o objetivo dessa aliança consistia na defesa dos Estados que compunham a organização em caso de ataque vindo do exterior da mesma organização. Os países fundadores da NATO foram: Bélgica, Canadá, Dinamarca, Estados Unidos da América, França, Islândia, Itália, Luxemburgo, Noruega, Países Baixos, Portugal e Reino Unido. Em 1952 a Grécia e a Turquia também aderiram à organização, em 1955 foi vez da RFA (República Federal da Alemanha), e em 1982 foi a vez da Espanha.

A NATO surge no contexto do pós 2ª Guerra Mundial, num periodo da chamada Guerra Fria. Naquela época existia o receio de um ataque por parte da União Soviética (URSS) aos países da Europa Ocidental.

Com o fim da União Soviética, o papel da NATO teve de ser revisto, dado que o motivo que lhe deu origem entretanto desapareceu. Com este novo contexto internacional, a NATO teve de reformular seus objetivos, sendo que assim a proteção de toda Europa e da América do Norte passou a ser o seu foco principal. A NATO passou assim a abrir as portas para a entrada dos países do Leste da Europa. Em 1999 entraram para a NATO a Hungria, a Polónia e a República Checa. Em 2004 aderiram à NATO a Bulgária, Eslovénia, Eslováquia, Estónia, Letónia, Lituânia e Roménia. Em 2009 foi a vez da Albânia e da Croácia aderirem à NATO.

Do outro lado da “barricada”, surgiu o Pacto de Varsóvia. Este foi formado em 14 de Maio de 1955, tratando-se de uma aliança militar constituída pelos países do Leste da Europa e pela União Soviética (URSS). Esta organização terá surgido como resposta à constituição da NATO, sendo que o Pacto de Varsóvia estabelecia um compromisso de entre-ajuda em caso de ataque militar a algum dos seus membros.

Este pacto foi assinado na cidade de Varsóvia, Polónia. Os países que assinaram o Pacto de Varsóvia foram: Albânia, Alemanha Oriental (RDA), Bulgária, Checoslováquia, Hungria, Polónia, Roménia, União Soviética (URSS). Este grupo de países também ficou conhecido como o Bloco de Leste.

Apesar de supostamente o Pacto de Varsóvia ter sido constituído para a defesa dos seus membros em relação a ataques exteriores (nomeadamente perante a suposta ameaça dos países da NATO), as principais ações deste Pacto ocorreram mesmo dentro dos Estados que o constituíam, nomeadamente em termos de repressão contra revoltas internas.

Com a queda do muro de Berlim e a crisa da URSS, o Pacto de Varsóvia foi extinto em 1991. Com isso acabou também a Guerra Fria.

NATO vs. Warsaw (1949-1990).svg
NATO vs. Warsaw (1949-1990)” por Julian OsterObra do próprio. Licenciado sob CC BY-SA 3.0 via Wikimedia Commons.

Share Button
Bookmark the permalink.

Comments are closed.