Ilha Sandy – A ilha que não existe

Ilha SandyA Ilha Sandy (Sandy Island em inglês, Île de Sable em francês), é uma suposta ilha que se situaria entre a Austrália e a Nova Caledónia, em território francês. Apesar desta ilha ter constado em vários mapas, sabemos hoje que essa ilha na realidade não existe.

Desde finais do séc. XIX que a Ilha Sandy começou a surgir em diversos mapas. Porém, mais tarde chegou-se à conclusão que a Ilha Sandy não existia.  Atualmente ainda não se sabe ao certo como é que essa ilha inexistente passou a figurar nos mapas, apesar de exitirem várias teorias.

Em 1979, esta ilha foi removida dos mapas hidrográficos franceses. Em 1999, a Ilha Sandy também foi removida do “Time Atlas of the World”. Em 2012, cientistas australianos também constataram que a ilha não existia, quando navegavam naquela região para estudar as placas tectónicas. O local onde supostamente estaria a Ilha Sandy, tem na realidade cerca de 1400 metros de profundidade.

Atualmente o Google Earth apresenta a Ilha Sandy como uma mancha preta, onde supostamente ela estaria se existisse.

Existem várias hipóteses para o surgimento dessa ilha nos vários mapas. Uma delas diz-nos que a ilha era na realidade uma “armadilha” para quem violasse direitos de autor de determinado mapa, e assim enganaria os falsificadores. Essa prática parece ser relativamente comum quando se trata de cartografia (como colocar num mapa uma rua que não existe), porém tal procedimento não é tão comum em mapas hidrográficos, porém esta é uma possibilidade a ter em conta.  Uma outra hipótese apresenta essa ilha como um erro humano que acabou por se refletir nos mapas que se fizeram posteriormente.

Share Button
Bookmark the permalink.

Comments are closed.