Terramoto de 1755

Terramoto de 1755 - LisboaO Terramoto de 1755, também conhecido como Sismo de Lisboa de 1755, foi um terramoto devastador, um dos mais violentos já registados em toda a História. Pelas informações da época, os sismólogos estimam que este terramoto pode ter atingido a magnitude de 9 na escala de Richter.

Decorria o dia 1 de Novembro de 1755, por volta das 9H40 da manhã. Era uma manhã de céu limpo, com o Sol a brilhar. De repente um violento sismo abalou Lisboa. Não apenas Lisboa foi abalada, mas também grande parte do território português sentiu o sismo com grande intensidade, tendo sofrido graves consequências na sequência do mesmo. Este sismo também foi sentido com grande violência em Marrocos.

Grande parte de Lisboa ficou assim destruída como resultado do terramoto, do maremoto que se seguiu e de incêndios devastadores que duraram vários dias. Surgiram fendas no chão, de várias dimensões, saindo de lá gases e poeiras. O número de vítimas mortais é incerto, estimando-se que, só em Lisboa, entre 10.000 a 30.000 pessoas perderam a vida na sequência da catástrofe.

O grande terramoto de 1755 teve várias réplicas de grande intensidade que agravaram a situação. Pouco tempo depois do terramoto chegaram as vagas do tsunami a Lisboa que acabaram por causar muitas vítimas mortais. Muitas pessoas que tinham sobrevivido à queda dos edifícios, acabaram por perder a vida na sequência do maremoto.

Na sequência de tudo isto, muitos incêndios fustigaram a capital portuguesa durante alguns dias, causando grandes danos.

Como seria de esperar, o desespero dos sobreviventes era grande diante de tamanha devastação. Como se tal não bastasse, alguns aproveitavam a situação caótica que se vivia, para pilhar tudo o que encontravam. Os que eram apanhados a pilhar eram enforcados.

A amplitude deste sismo foi de tal ordem, que os seus efeitos foram sentidos em locais do mundo bastante longe de Portugal, tal como a Finlândia no norte da Europa, até ao Brasil na América do Sul.

O epicentro do sismo de 1755 não é conhecido, apesar de existirem sismólogos que defendem a teoria que o epicentro se situou no Banco de Gorringe, uma região no Oceano Atlântico a aproximadamente 200 km de Lisboa.

Depois da destruição de grande parte de Lisboa na sequência do terramoto de 1755, a reconstrução da cidade ficou a cargo do Marquês de Pombal (Sebastião José de Carvalho e Melo).

Lisboa 1755 - Gravura Alemã

Gravura alemã que representa Lisboa depois do terramoto de 1755.

Share Button
Terramoto de 1755
3 (60%) 2 votes
Bookmark the permalink.

Comments are closed.