O massacre de Oradour-sur-Glane

Oradour-sur-Glane. Crédito: Dennis Nilsson.Oradour-sur-Glane é uma comuna francesa situada no departamento de Haute-Vienne, na região de Limousin. Trata-se de uma pequena vila, dividida por duas entidades: uma parte nova que está habitada, e por uma parte velha que está em ruínas e que testemunha um horrível massacre aí cometido pelas forças nazis durante a Segunda Guerra Mundial.

No dia 10 de Junho de 1944, em plena ocupação do território francês por parte das forças alemãs nazis, ocorreu o massacre da população civil de Oradour-sur-Glane. Com o pretexto de combater supostos elementos da resistência francesa, nesse dia as tropas nazis entram nesta pequena vila francesa.

Por ordem do comandante Adolf Diekmann, os habitantes de Oradour-sur-Glane juntaram-se na praça da vila. Aí, mulheres e crianças foram separadas dos homens. As mulheres e crianças foram levadas para a igreja, os homens foram levados para 6 diferentes locais da vila.

Por volta das 16 horas, os homens começaram a ser executados com tiros de metralhadoras. Depois disso, os soldados alemães atearam fogo aos corpos dos homens, depois destes terem sido atingidos pelos tiros das metralhadoras. Nesta altura muitos homens ainda estavam vivos.

Na igreja, onde estavam mulheres e crianças, os soldados alemães montaram um dispositivo incendiário. Depois de ativado, deu-se uma explosão dentro da igreja e espalhou-se um gás asfixiante. Deste grupo, apenas uma mulher conseguiu fugir e sobreviver.

Os soldados alemães que não participaram destas execuções, pilharam a vila e incendiaram-na. Como resultado disso, alguns habitantes de Oradour-sur-Glane que inicialmente tinham escapado às execuções, foram apanhados e massacrados individualmente ou em grupos pequenos.

O balanço deste monstruoso massacre em Oradour-sur-Glane foi de 642 mortos, todos eles civis. Apenas algumas dezenas de habitantes de Oradour-sur-Glane acabaram por escapar. A pequena vila ficou assim destruída em chamas.

O comandante nazi que esteve por detrás do infame massacre, Adolf Diekmann, acabaria por morrer dias depois, mais precisamente em 29 de Junho de 1944 durante a batalha da Normandia.

O massacre de Oradour-sur-Glane, não foi o único massacre cometido pelos alemães nazis em populações civis, porém foi aquele que mais vítimas fez.

Hoje, a parte antiga da vila está em ruínas, servindo como um memorial por todas as pessoas que foram assassinadas nesta barbárie.

Antiga Igreja de Oradour-sur-Glane

Antiga Igreja de Oradour-sur-Glane

Share Button
O massacre de Oradour-sur-Glane
5 (100%) 1 vote
Bookmark the permalink.

Comments are closed.